domingo, 25 de dezembro de 2016

Onde existe amor, não existe violência. Os dois não existem no mesmo espaço.

Julgar a morte de mulheres por seus companheiros como "crime passional" é calar a opressão e a objetificação das mulheres e erroneamente associar o crime ao amor: QUEM AMA NÃO MATA!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

O indulto é um meio de fazer com que estupradores, agressores e assassinos de mulher voltem a cometer os mesmos crimes. Eles são irrecuperáveis

O indulto na verdade é uma regalia que a justiça dá para os criminosos e que precisa ser urgentemente banida. Sou contra todos os indultos e a redução de pena, pois os criminosos se aproveitam tanto de um como de outro para cometer novos crimes, assim como ser réu primário e responder em liberdade.

Rui Ricardo Soares Melo Filho
Criador deste blog

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Quem profere certos tipos de frase contra uma mulher é canalha e mau-caráter

"Casou porque quis", "apanha porque gosta", "sofre porque quer", 'foi assediada porque se vestiu inadequadamente", quem profere esse tipo de frase é MACHISTA, DESUMANO, INSENSÍVEL, CANALHA e MAU-CARÁTER. Sou homem, defendo o direito das mulheres a vida sem violência com orgulho e tenho nojo de machismo, desumanidade, insensibilidade, canalhice e mau-caratismo. Repudio o descaso de alguns diante da dor de muitas que por medo, vergonha e ameaça, se calam pela violência que sofrem e por uma sociedade repleta de bandidos e abarrotada de leis não exercidas. Se não gosta de mulher, assuma a opção, mas tenha respeito por elas. Não é preciso ser mulher pra combater a violência nem para levantar essa bandeira em prol delas.

Rui Ricardo Soares Melo Filho
Criador deste blog




quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Compartilhar senhas de e-mail, redes sociais e aplicativos de celular com o parceiro é perigoso

Nunca compartilhem senhas de e-mail, redes sociais e aplicativos de celular com o namorado/marido. Isso pode ser perigoso. 
Cuidado por que esses caras que pegam senha de e-mail, rede social e aplicativo de celular, boa parte deles é ciumento doentio. E eles podem se aproveitar disso para lhes tolher a liberdade, agredir e matar. Desconfiem.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Amor não é imposto a força nem nasce em cativeiro

Amor não cresce num cativeiro nem é imposto a força.
É conquistado com sedução, tolerância, liberdade, carinho e principalmente com consideração e respeito.
E com os namorados/maridos violentos que tem ciúme doentio, a única saída é mesmo a ruptura do relacionamento e também entregá-los as autoridades policiais e judiciais e aos órgãos de defesa da mulher, afinal eles recusam-se a reconhecer que precisam de ajuda psicológica e não possuem integridade, ou seja são arrogantes ao extremo e além disso mau-caráter e psicopatas.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Não adianta conversar com parceiros violentos

Com namorado/marido violento não adianta conversar. Esse é o tipo que deve ser impiedosamente denunciado. E o delegado que a atende mal nos órgãos de defesa da mulher é anti-ético, uma vez que a Delegacia da Mulher e a Polícia tem que cumprir bem o papel de proteger e defender a mulher agredida. Se o bandido cometeu a agressão deve ser denunciado na hora. Mas o estado também não presta por que se omite, e a vítima precisa de apoio, não de desamparo e mais maus tratos.


domingo, 11 de dezembro de 2016

Namoro e casamento sem respeito não tem como permanecer

Quando falta respeito entre um casal, o relacionamento não tem como permanecer.
A incompatibilidade tem que ser detectada antes que ocorram a violência e o homicídio! Usar de desrespeito para acabar um relacionamento é destruidor para todos que cercam o casal, e também depõe contra o agressor.

sábado, 10 de dezembro de 2016

Quem fica do lado de um agressor e o apóia é tão mau quanto ele

Quando a família de um agressor comemora a saída dele da cadeia com uma churrascada ou quaisquer outras formas, é por que não presta igual a ele. É simples assim: o bandido não presta e a família também não presta por que incentiva ele a cometer o crime. Trata-se de famílias desestruturadas, cujo filho é um típico PSICOPATA, afinal quanto a afetividade se percebe que ele é um sujeito frio e desprovido de empatia e outros sentimentos, além de não sentir remorso ou culpa e não admitir os próprios erros, o que o caracteriza também como ARROGANTE e PREPOTENTE. No que diz respeito a estilo de vida, o que se nota claramente é que ele age descontroladamente, como de hábito entre esses "homens". Estes são alguns traços que o descrevem. Vide o texto 20 MANEIRAS DE DETECTAR UM PSICOPATA, disponível neste blog.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

É preciso interromper o ciclo de agressões. Se este não é quebrado, o feminicídio é certo.

O feminicídio é o capítulo final de um histórico de violência. Para que o desfecho seja diferente, é preciso que a mulher interrompa este ciclo de agressões, sejam psicológicas, sexuais, verbais ou físicas - o quanto antes. Se a vítima não toma uma atitude, o agressor se sente poderoso e impune.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Um homem que agride não é uma figura protetora, nem faz jus a tal adjetivo.
Quem vê um homem agressor como protetor são somente pessoas ignorantes, estúpidas, atrasadas e principalmente desprovidas de sentimentos.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Todo agressor apresenta uma personalidade violenta e hostil, e agride e mata por ser machista e ter sentimento de posse em relação à mulher. Por isso mesmo mulheres, pensem três vezes antes de arrumar um namorado, se casar e ter filhos. Qualquer dos três pode ser um pesadelo.